O que é a Plataforma Acácia?

A Plataforma Acácia foi lançada em 2018 e tem como objetivo “[…] documentar as relações formais de orientação no contexto dos programas de pós graduação brasileiros” (UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC, [2019?]). Desenvolvida por pesquisadores do Grupo de Pesquisa em Cientometria da UFABC, essa plataforma usa os dados presentes na Plataforma Lattes (olha aí mais um motivo para manter o Currículo Lattes atualizado) para demonstrar como pesquisadores(as) se relacionam e se influenciam no tocante as orientações em nível de pós-graduação (mestrado e doutorado) e pós-doutorado.

Atualmente, 1.272.590 de acadêmicos(as) possuem suas relações de orientação inseridas na Plataforma Acácia. A última atualização de dados na plataforma ocorreu em julho de 2019 e há perspectiva de que uma nova atualização dela ocorra em um futuro breve.

Continuar lendo

Duas opções para trocar livros

O que vocês fazem com os livros que já leram?

Eu, vez por outra, troco os meus livros por outros. Existem vários caminhos para fazer isso, mas hoje vou falar de duas plataformas que já utilizei e com as quais tive boas experiências.

Skoob Plus

O Skoob é uma mídia social voltada para leitoras(es) que, dentre outras coisas, oferece um canal para viabilizar a troca de livros entre usuárias(os). Para conseguir trocar livros pela plataforma é preciso atualizar gratuitamente seu perfil para o Skoob Plus.

Continuar lendo

Coleção Bibliofilia: notas de leitura

Adquiri os livros na Coleção Bibliofilia durante a III Feira do Livro da Unesp. A princípio ia comprar apenas uma das obras, pois o comentário de um colega bibliotecário – do Jorge do Prado, mais especificamente – havia me deixado curiosa sobre o livro A sabedoria do bibliotecário. Mas sabe como é feira do livro, você chega na banca (virtual) da editora para comprar uma coisa e quando pisca já está com o carrinho cheio. Foi justo isso que aconteceu nesse caso.

Descrição: Fotografia colorida exibindo as capas dos livros da Coleção Bibliofilia. As capas possuem como plano de fundo sequências de seus respectivos títulos e autores. Há desenhos abstratos por cima desse plano de fundo. Fonte da imagem: Edições Sesc.
Continuar lendo

Por que ainda mantenho um blog?

Dia 31 de agosto é Dia Internacional do Blog. Reza a lenda que essa comemoração informal acontece nesse dia porque a grafia dessa data em algarismos arábicos (31/08) se assemelha a palavra Blog. Se é verdade ou não eu não faço ideia, mas esse é o tipo de nerdice que eu gosto.

Descrição da imagem: Quatro balões de diálogo alinhados e levemente sobrepostos. Cada um deles é de uma cor e em cada um há uma das letras da palavras blog. Fonte da imagem: Pixabay
Continuar lendo

Identificação de autoria: Scopus Author ID e IraLis

Descrição da imagem: Figura com fundo vermelho. Centralizado no topo está escrito Identificadores de Autor. Na parte inferior direita aparece o desenho de um crachá. Nele predomina a cor verde claro.

Nas últimas postagens falei sobre o Orcid e o ReseracherID, que são os identificadores de autor mais utilizados no ambiente acadêmico. Porém, existem outras iniciativas menores e/ou centradas em nichos e plataformas específicas que também se dedicam a essa questão. No post de hoje vou apresentar duas delas.

Scopus Author ID

O Scopus Author Identifier é um código numérico criado e adotado pela base Scopus a fim de agrupar sob um mesmo código todos os documentos escritos por uma mesma pessoa. Diferente do Orcid e do ResearcherID, não é necessário realizar um cadastro, pois o identificador é criado pelo algoritmo da Scopus, todavia autores podem solicitar correções em seus nomes e ou trabalhos a ele vinculados, por exemplo. Esse identificador abarca apenas pessoas que tenham artigos indexados na referida base.

Continuar lendo