Resenha – O negro na biblioteca

Os últimos anos viram um aumento na quantidade de obras que tem questões vinculadas a comunidade negra como norte. Exemplo disso são Mulheres negras na Biblioteconomia, Epistemologias negras: relações raciais na Biblioteconomia, dentre outras. Esses e outros trabalhos representam um significativo ganho qualitativo para a Biblioteconomia.

Apesar dos avanças ainda há muito que percorrer a fim de superar o peso de décadas de negligencia teórico-prática que ainda se fazem sentir na produção da área. Diante disso, é muito importante disseminarmos obras que contribuem para o fim dessa lacuna e uma dessas obras é o livro O negro na biblioteca: mediações da informação para construção da identidade negra, de Francilene Cardoso.

#PraCegoVer: Montagem mostrando no lado esquerdo a capa do livro resenhado e no lado direito uma citação dele. Na capa aparece uma mulher negra contando histórias para um grupos de crianças e, um pouco abaixo, o corredor de uma biblioteca. A citação usada é “Se na história da biblioteca pública raramente se preservaram as produções culturais de setores populares, na atualidade é basilar que se preserve a memória desses setores para que se construa uma biblioteca pública verdadeiramente democrática”
Continue lendo “Resenha – O negro na biblioteca”

Resenha – Bibliotecas públicas, bibliotecários e censura na Era Vargas e Regime Militar

Hoje, 7 de janeiro, é dia do/a leitor/a. E essa, sem sombra de dúvidas, é uma data importante para quem faz parte (e quer que cada vez mais pessoas façam parte) do universo do livro e da leitura.

Esse universo da leitura, para se caracterizar enquanto tal, precisa ser diverso nas obras literárias e artísticas que abriga. Para manter essa diversidade, vez por outra, bibliotecárias precisam encarar um obstáculo chamado: censura. E é sobre essa relação entre bibliotecas – bibliotecárias/os – censura que obra aqui resenhada trata.

vendados
#PraCegoVer: Fotografia preto e branco da cabeça de uma mulher de perfil. Ela está vendada.

Continue lendo “Resenha – Bibliotecas públicas, bibliotecários e censura na Era Vargas e Regime Militar”

Mafalda, livros e bibliotecas na Argentina

Olá, pessoas! Tudo bem com vocês?

No começo de setembro estive na Argentina e, apesar do objetivo da viagem não ter nenhuma relação com a Biblioteconomia, acabei aproveitando para conhecer alguns pontos turísticos literários e afins.

Biblioteca Pública de la Universidad Nacional de La Plata

Vou começar minha narrativa pela visita que fiz a Biblioteca Pública de la Universidad Nacional de La Plata. Essa é a principal biblioteca pública da cidade de La Plata e nela tive a oportunidade de conhecer parte do acervo das Salas Museo que são o setor da biblioteca responsável pela guarda e preservação das obras raras do acervo. Continue lendo “Mafalda, livros e bibliotecas na Argentina”

Setembro é tempo de #LibraryCardSignUp

Olá, pessoas!

Vocês viram a tag #LibraryCardSignUp?

rex
#PraCegoVer: Print de uma postagem no Instagram. Na imagem aparece um dinossauro inflável, no balcão de atendimento, fazendo seu cartão da biblioteca. Ao fundo aparecem várias estantes com livros expostos. A legenda usada na postagem pode ser traduzida como “Rexy não consegue parar de sorrir! Ele agora pode pegar 75 itens e passar seu tempo lendo-os com suas pequenas garras … ou são mãos?” Fonte da imagem: Rancho Cucamonga Library

Continue lendo “Setembro é tempo de #LibraryCardSignUp”

Andanças literárias em Manaus

Encerrei o mês de outubro em Manaus e aproveitei alguns locais muito charmosos dedicados aos livros.

O primeiro deles é a Biblioteca Pública Estadual do Amazonas que teve sua reforma concluída em 2013 depois de pressão do Movimento Abre Biblioteca. O prédio é lindo e, além do acervo e ilha digital, ele conta com exposições e visitas orientadas até as 17h. Perdi a visita orientada – o que me obrigará a voltar 😉 –  porque cheguei depois do horário da última, mas todas as dúvidas que tive foram respondidas pelos simpáticos funcionários. Não esqueçam de apreciar o lindo teto do primeiro andar. Fiquei apaixonada por ele! ❤

manaus_2016-167
Digam olá para o perfil do Gutenberg. Créditos da imagem: Izabel Lima

Continue lendo “Andanças literárias em Manaus”