Resenha – 100 nomes da edição no Brasil

MARQUES NETO, Leonardo. 100 nomes da edição no Brasil. Rio de Janeiro: Oficina Raquel, 2020.

Em 100 nomes da edição no Brasil, Leonardo Neto se propõe a uma tarefa difícil: recuperar a trajetória das principais personalidades do universo brasileiro da edição de livros. A dificuldade da tarefa não vem apenas do fato de que muita gente boa ficou de fora (o que é praticamente impossível de não ocorrer em obras do tipo), mas também da carência de registros. Aqui parece que o dito popular “casa de ferreiro, espeto de pau” se confirmou e aqueles responsáveis por produzir e divulgar livros nem sempre deixaram muitos registros de suas atividades.

Descrição da imagem: Figura com fundo simulando papel amassado. Na esquerda aparece a citação: “Os perfis foram levantados a partir de entrevistas, pesquisas em livros, em jornais de época e em estudos acadêmicos, que serviram de lastro para as histórias contadas neste volume”. (MARQUES NETO, 2020, p. 11). Na direita aparece a capa do livro resenhado. A capa é formada por várias letras de fontes diferentes no lado inferior direito sobre fundo com formas geométricas coloridas. Nela há título, autor e editora. / Créditos da imagem: Izabel Lima
Continuar lendo

Resenha – Bibliotecas no Mundo Antigo

CASSON, Lionel. Bibliotecas no mundo antigo. Tradução de Cristina Antunes. São Paulo: Vestígio, 2018.

Capa do livro Bibliotecas no mundo antigo

#PraCegoVer: Capa do livro Bibliotecas no mundo antigo. Nela aparece a sala de uma biblioteca da Antiguidade com colunas decoradas. Ao fundo há uma estante onde homens procuram pergaminhos e a esquerda há uma mesa onde homens leem pergaminhos. Todos vestem túnicas coloridas.

Comprei esse livro por impulso por causa de uma promoção ótima da Amazon. Quando o livro chegou aqui em casa achei a capa bonita, mas o coloquei na pilha interminável de leituras pendentes. Por engano ele foi junto com alguns livros que levei pra estudar em Juazeiro (para quem chegou aqui agora, estou estudando na UFCA, então fico indo e vindo entre duas cidades) e, por isso, acabou se tornando uma leitura que fiz pra desopilar dos textos que estou lendo na pós-graduação. E olha, que ótima leitura ele se mostrou!

Lionel Casson (1914 – 2009) era professor emérito da Universidade de Nova Iorque. Sua especialidade era história marítima, mas ele também desenvolveu estudos sobre literatura grega. Ao longo de sua carreira, teve 23 livros publicados, além de trabalhos em outros formatos. Em 2005 foi agraciado pelo Archaeological Institute of America (Instituto Arqueológico da América) com a Gold Medal Award for Distinguished Archaeological Achievement que é um prêmio concedido aos pesquisadores que contribuíram de maneira notável para o desenvolvimento da arqueologia. Continuar lendo

#Resenha – Livro: uma história viva

LYONS, Martyn. Livro: uma história viva. São Paulo: Editora SENAC, 2011.

Começo essa resenha dizendo o seguinte: pense num livro bonito!!! Meu lado “pessoa que admira obras bem feitas” se regozijou com ele. ❤

Pronto! Agora posso falar do conteúdo.

O autor da obra é o professor e pesquisador da história do livro Martyn Lyons. Ele já visitou vários países pesquisando o tema e tem diversas obras onde se dedica a apresentar a rica e nada monótona história desse que é um dos mais importantes artefatos culturais já criados pela humanidade. Continuar lendo