Ona Šimaitė: uma bibliotecária na Segunda Guerra

Ona Simaite, apie 1956 m. Paryzius.
Fotografia preto e branco de Ona Šimaitė. Fonte: Arquivos do Yad Vashem.

Nascida na Lituânia em 06 de janeiro de 1894, Ona Šimaitė trabalhava como bibliotecária na Universidade de Vilnius e usou seu posto como desculpa para realizar uma série de ações durante a Segunda Guerra Mundial que resultaram no salvamento de crianças e na preservação de importante patrimônio documental.

Ona ia aos portões do Gueto de Vilna quase que diariamente durante cerca de três anos e usava a desculpa esfarrapada de que pretendia recuperar livros da biblioteca universitária onde trabalhava que haviam sido emprestados a estudantes judeus a fim de entrar no gueto. Durante essas visitas, ela contrabandeava para dentro do gueto alimentos, correspondência e outros artigos de primeira necessidade, além de armas usadas para lutar contra os nazistas. Continue lendo “Ona Šimaitė: uma bibliotecária na Segunda Guerra”